• Felipe Antunes

9 fatos surpreendentes sobre a Irlanda que você provavelmente não sabia

Depois de morar na Irlanda por alguns anos a gente pensa que sabe tudinho sobre esse lugar. São tantas histórias, experiências, problemas e superações para contar que jamais caberiam em um artigo de blog como este. No entanto, a Irlanda continua surpreendendo e eu aposto que você não sabia esses fatos sobre a Ilha da Esmeralda. Deixe para nós nos comentários quais você já conhecia!


1) St. Patrick não era irlandês


Ao contrário da crença popular, e apesar de ser o santo padroeiro da Irlanda, São Patrício não era realmente irlandês. Nascido no País de Gales por volta de 386 DC, ele foi de fato capturado pelos irlandeses e vendido como escravo, trabalhando como pastor no oeste da Irlanda. Mais tarde, ele voltou para a Irlanda como missionário, ajudando a espalhar o cristianismo na Irlanda.


2) Os nigerianos bebem mais Guinness do que os irlandeses


Embora a Guinness sempre seja a bebida mais famosa da Irlanda, mais da bebida preta é consumida a cada ano na Nigéria do que em casa, na Irlanda. Na verdade, os britânicos são os maiores consumidores da Guinness, seguidos dos nigerianos, deixando a Irlanda em terceiro lugar!

3) Mais irlandeses vivem fora da Irlanda do que nela


A população da Irlanda atualmente gira em torno de 4,8 milhões de pessoas, que ainda é quase 4 milhões a menos da população antes da Grande Fome Irlandesa de 1845-1852. No entanto, foi relatado que quase 80 milhões de pessoas em todo o mundo têm passaportes irlandeses. Quase metade de toda a população da Austrália afirma ter ascendência irlandesa, enquanto pouco mais de 39 milhões de americanos acreditam que são parcialmente irlandeses.


4) Inglês não é a primeira língua da Irlanda


O inglês é de fato amplamente falado em toda a Irlanda, com a maioria das pessoas afirmando que é sua primeira língua. No entanto, o irlandês é a primeira língua oficial da Irlanda. Ele pode ser visto em todos os documentos oficiais do governo, bem como nos transportes públicos, placas e edifícios públicos. Apesar de o irlandês ser ensinado como matéria em escolas por toda a Irlanda, muitas pessoas ainda lutam para manter uma conversa simples como gaelige.


5) Wild Atlantic Way é a rota de direção costeira mais longa do mundo


The Wild Atlantic Way, um percurso impressionante que se estende desde as falésias ao redor do condado de Donegal, no extremo norte da Irlanda, até as praias do condado de Cork, é a "rota costeira definida mais longa do mundo". O percurso de 2.500 km passa por nove condados e três províncias, você pode citar todos eles? Se você está planejando dirigir nesta rota famosa, certifique-se de aproveitar o tempo nos melhores pontos de surfe da Irlanda ao longo do caminho.


6) A bandeira irlandesa foi inspirada nos franceses


O tricolor irlandês de verde, branco e laranja representa a história da Irlanda e sua independência. O verde representa a tradição gaélica da Irlanda, o laranja representa os seguidores de William de Orange e o branco representa as aspirações de paz entre os dois. A bandeira foi inspirada na bandeira francesa quando foi desenhada por Thomas Francis Meagher em 1848. Mas ela só foi hasteada pela primeira vez acima do GPO de Dublin e reconhecida como a bandeira irlandesa após o levante de 1916.


7) O trevo não é o símbolo nacional da Irlanda


O trevo é reconhecido em todo o mundo como um símbolo da Irlanda e de todas as coisas irlandesas. Mas a harpa é, na verdade o símbolo nacional oficial da Irlanda. Você pode ver a harpa real na qual o símbolo é baseado na biblioteca do Trinity College, que data do século XV.


8) Halloween originou-se na Irlanda


Outro fato engraçado sobre a Irlanda: o Halloween como o conhecemos hoje, na verdade, se origina do antigo festival celta de Samhain, quando as pessoas acendiam fogueiras e usavam fantasias assustadoras para afastar os espíritos indesejáveis. Samhain é uma antiga palavra gaélica que se traduz em "metade mais escura", marcando assim o início do inverno.


9) Estar bêbado em público não é permitido


Apesar do que muitos turistas acreditam sobre os irlandeses e nossos hábitos de bebida, “é proibido você estar tão bêbado em um lugar público que poderia razoavelmente ser considerado um perigo para você ou para qualquer pessoa ao seu redor”. O único dia do ano em que essa lei é ligeiramente distorcida é no St. Patrick's Day, quando simplesmente não há policiais suficientes para monitorar mais de um milhão de turistas nas ruas de Dublin.


74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo